18 de mai de 2009

Maísa se assusta e o mundo comenta.



Estava tirando o atraso de leitura de blogs ontem e acabei caindo em uma discussão acirrada por uma causa que, na minha opinião, é uma enorme besteira.

Vi no Sedentário e Hiperativo uma postagem sobre a Maísa se assustando com um garoto fantasiado e maquiado como se fosse um zumbi.
A menina é uma criança como qualquer outra e tem seus medos, um deles é medo de monstros, o que fez ela se apavorar quando o garoto entrou no palco.

Muitos desaprovaram o acontecido colocando a culpa no próprio Sílvio, que segundo alguns se aproveita de uma criança indefesa. Outros dizem que ela é uma criança chata e mereceu o acontecido. Mas ninguem parou para discutir que foi uma gafe comum quando se tem uma garotinha como apresentadora!

Claro que isso não se encaixa com o comportamento besta da maioria dos internautas.
Não sei se você ja percebeu, mas todos temos a tendência de nos posicionar de um lado ou de outro, e defender com unhas e dentes nossas opiniões, sem ter certeza do que estamos falando. Defendemos pelo prazer de ter a nossa opinião como certa e nem chegamos a escutar a opinião dos outros!

Eu pessoalmente prefiro apenas rir do acontecido. Pode ter sido armado, poder ter um script, pode ser uma vingança do silvio pelo caso da peruca ou mesmo ser ensaiado a Pequena Maísa ser apenas uma atriz. Sinceramente isso não faz diferença. Cada um vai ter o seu ponto de vista e lutar por ele independente dos outros.

Será que um dia vamos ouvir mais e palpitar menos?

UPDATE
Maísa tem alvará cassado

Ok, chegamos ao fundo do poço.
Para acabar com a polêmica (ou colocar mais lenha na fogueira) a justiça resolve não deixar mais a menina ir ao ar.
Será que os traumas dela serão maiores do que os da menina chorona de uma antiga novela da globo? Ou ainda maiores que o do garoto do filme sexto sentido?
Talvez então dos garotos que trabalharam no filme cidade de deus quando eram crianças?

Pois bem, dos brasileiros, que eu me lembre, independente da atuação quando crianças, eles se torenam atores no futuro, e ao atingir a idade adulta usam a aparição na mídia que tiveram na infância como curriculum para conseguirem melhores papeis.

Acredito que tanto os pais da menina, quanto os que gostam dela ou até mesmo ela quando fizer seus dezesseis anos e poder trabalhar legalmente, vão desaprovar a atitude dessa juíza. Acredito que essa decisão seja tomada por uma crença pessoal e esteja muito pouco preocupada com o bem estar da criança em questão.

Combater o trabalho infantil é uma necessidade seríssima do nosso país, mas tenho certeza que os meninos cortadores de cana, fabricantes de tijolos catadoes de lixo deveriam ter muito mais atenção do que nossa pequena aprentadora.

Na avenida que passo todos os dias na volta do jornal para minha casa vejo meninas que não aparentam mais que 16 anos vendendo seu corpo para conseguir dinheiro. Adoraria que a Promotoria, a Vara da Infância e até mesmo a Meritíssima Juíza em questão visitasse esse local e varios outros espalhados pelo país ao invés de se preocupar tanto com uma que está em segurança dentro de um estúdio de televisão, cercada de cuidados e bem perto do alcance do colo cuidadoso de sua mãe.

Ou será que meninas que vendem o corpo nas ruas são menos importantes do que apenas uma que vende sua graça na TV?

2 comentários:

Stobäus disse...

Bah! nem sabia que tu tinha postado!
AHUSAHSuhaUHSuhas
Eu ri muito disso! AUHSAUHSuhA
Mas tens razão, não só os internautas, mas o mundo inteiro não ouve mais, só sabe defender a própria opinião e foda-se o resto.
Bom post, muito bom!
Abraços!

Grivot disse...

E Salve o mestre Silvio , resume nossas vidas com as passagens de domingo ...
baita texto